Líder do PAICV solicita voto da comunidade em São Tomé nas legislativas de 2016

Bandeira de São Tomé e Príncipe (abola.pt)
Bandeira de São Tomé e Príncipe (abola.pt)
Bandeira de São Tomé e Príncipe (abola.pt)

Janira Hopffer Almada, candidata ao cargo de primeira-ministra pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), pediu terça-feira à comunidade cabo-verdiana radicada em São Tomé e Príncipe o seu voto de confiança durante as eleições legislativas de 2016.

Atualmente ministra cabo-verdiana da Juventude, Emprego e Desenvolvimento de Recursos Humanos, Janira Hopffer Almada aproveitou o encontro com a comunidade cabo-verdiana no arquipélago santomense para transmitir as ações desencadeadas pelo atual Governo de Cabo Verde liderado pelo primeiro-ministro José Maria Neves.

Em declarações à imprensa em Lobata (zona norte), distrito onde reside a maior comunidade cabo-verdiana, Janira Almada afirmou  que o seu partido vencerá as eleições legislativas com contributos dos Cabo-verdianos radicados no país e noutra diáspora.

Janira Almada sustenta que as conquistas alcançadas pelo Governo de José Maria Neves, ao longo dos últimos anos, são merecedoras de um voto de confiança dos Cabo-verdianos, pelo que garante que “serão fundamentais para transformar Cabo Verde”.

Disse estar confiante de que os Cabo-verdianos “colocam a sua terra no primeiro lugar”, e sentenciou que a vitória do PAICV “é certa em 2016”.

“Confiança, perseverança, rumo ao caminho do desenvolvimento” são as mensagens que a ministra da Juventude, Emprego e Desenvolvimento de Recursos Humanos de Cabo Verde transmitiu à comunidade cabo-verdiana em São Tomé, na sua maioria radicada em Lobata, (zona norte de São Tomé).

A líder do PAICV reuniu-se com as comunidades de Agostinho Neto, Boa Entrada, Fernão Dias, Monte Macaco, entre outras do distrito, onde ela se inteirou das dificuldades dos seus membros  e anunciou que o  seu Governo tem governado para a “melhoria das condições das pessoas”

A governante cabo-verdiana, que iniciou  segunda-feira uma visita de quatro dias às ilhas de São Tomé e Príncipe, prometeu melhorar a pensão auferida pelos Cabo-verdianos, uma política que, segundo ela, respeitará as leis do Estado santomense.

A presidente do PAICV que visita o arquipélago pela primeira vez desdobrou-se em reuniões  relâmpagos com as bases do seu partido nas ilhas e com o  presidente da autarquia de Lobata, Policarpo Freitas, com quem o seu Governo, através do Município da Santa Catarina, pretende desenvolver projetos que beneficiem a comunidade cabo-verdiana radicada no distrito de Lobata. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA