Líbia: ONU espera governo de unidade nacional ainda em 2015

(euronews.com)

A Organização das Nações Unidas espera que as fações rivais da Líbia cheguem a acordo sobre um governo de unidade nacional, até ao final de agosto.

(euronews.com)
(euronews.com)

Esta terça-feira, teve início em Genebra, na Suíça, mais uma ronda de negociações sob a égide da ONU.

O enviado especial da organização espera que o país possa organizar eleições em setembro pondo, assim, termo à divisão do país.

“O que a Líbia está a enfrentar, agora, é um caos mais profundo e a divisão do país. Portanto, espero que todos os atores da Líbia sejam sensatos de modo a evitar este cenário, a acelerar as negociações e chegar, muito em breve, a um acordo”, diz o representante da ONU para a Líbia, Bernardino León.

O primeiro-ministro líbio, Abdullah al-Thinni, reconhecido pela comunidade internacional, anunciou a demissão numa entrevista de televisão, em direto, na terça-feira. O anúncio aconteceu depois de ter sido confrontado com questões de cidadãos que acusavam o executivo de inércia.

Desde 2011, com a deposição de Muamar Kadhafi, a Líbia está mergulhada no caos, com dois governos e dois parlamentos.

O governo de al-Thinni opera a partir de Tobruk, no leste. Em Trípoli governa o Congresso Geral Nacional, apoiado por uma aliança de milícias islamitas. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA