Líbano captura “sheik” sunita Ahmad al-Assir e deve avançar para a execução

(EURONEWS)
(EURONEWS)
(EURONEWS)

Os serviços de segurança libaneses detiveram hoje Ahmad al-Assir, um “sheik” radical sunita a monte há dois anos e procurado pelo seu envolvimento nos combates sangrentos contra o exército do Líbano, afirmaram fontes da segurança.

“Ele foi detido esta manhã no aeroporto quando tentava fugir do país. Alterou a sua aparência física e rapou a barba”, indicou um responsável das forças de segurança citado pela agência France-Presse. De acordo com a mesma fonte, Ahmad al-Assir “tinha um passaporte falso e tentava partir para o Egito”.

No ano passado, a justiça do Líbano decretou a pena de morte para o “sheik” e 53 outras pessoas pelos confrontos sangrentos perpetrados contra o exército libanês, dos quais resultou a morte de 18 militares e 11 homens armados no verão de 2013, no sul do país.

Totalmente desconhecido antes do início da revolta na Síria em 2011, este “sheik” radical deve a sua notoriedade às suas acusações veementes, quer contra o regime de Damasco e o Hezbollah, quer contra o exército libanês, que acusa de não reagir face à implicação do movimento xiita na Síria. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA