Lágrimas negras: um hino infinito ao amor (vídeo)

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

Depois de hasteada a bandeira americana em Cuba, simbolizando a normalização de relações diplomáticas entre Havana e Washington, a esperança em dias melhores chega à pátria de José Marti.


(Video)
A música, o ópio que alimenta Cuba, e faz deste povo, o mais simpático do planeta, está presente em qualquer esquina. Música que o mundo ouve com respeito, por tocar fundo na alma, de quem quer que seja. Aqui prestamos uma singela homenagem ao povo que resistiu 70 anos à pressão, à incompreensão e à intolerância política do Ocidente perante quem ousou pensar e fazer diferente num mundo cheio de contradições. A voz de Cuba plasmada na belíssima e fiel interpretação popular prova que o sofrimento não destruíu a essência da cultura local. (portaldeangola)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA