Kelly Silva realiza digressão por todo o território nacional

(D.R)

O músico Kelly Silva anunciou ontem, em Luanda, a gravação de um documentário contendo os principais momentos da digressão que vai realizar, a partir do dia 8 deste mês, pelos 162 municípios do país, em saudação aos 40 anos da Independência Nacional, que se comemora a 11 de Novembro.

(D.R)
(D.R)

“Eu Amo a Minha Banda” é o título do DVD ao vivo, que inclui retratos dos vários espectáculos previstos nesta “aventura”, disse o cantor.

O trabalho  inclui as maravilhas e encantos naturais de Angola, o quotidiano das diferentes regiões do país, dos ganhos da paz e  depoimentos de  figuras públicas.

Kelly Silva disse que a obra conta com as participações especiais da dupla brasileira Mateus e Cristiano, e do cantor português Tony Carreira.

“A ideia é apresentar um produto integral e inclusivo, no qual vou mostrar os progressos do país em todos os domínios, a beleza de Angola, as vivências de cada tribo angolana, a união entre os artistas e a convivência dos músicos com os fãs e famílias carenciadas”, disse Kelly Silva, salientando que 99 por cento das deslocações são feitas por estrada.

O DVD é a quinta obra do artista, em mais de 15 anos de carreira musical, antecedida por uma passagem na dança ao “serviço” do grupo Lambada do Kinaxixi. A digressão começa em Cacuaco, tem a participação  de Leo, Phather Mack, Estremo Signo (X3mo Signo), Noite e Dia e a Banda Relâmpago, que  suporta  instrumentalmente a actividade.

Titica, Ary Homem e Mário Vaz são outros cantores dados como certos na  digressão, que  inclui   músicos locais e estrangeiros, artistas plásticos, escritores, humoristas, poetas e algumas figuras públicas, que para o acesso a zonas difíceis são transportados de helicóptero.

“Este projecto está avaliado em cerca de um 1.600.000,00 dólares e para o êxito do mesmo estou a contar com o suporte de instituições estatais e privadas, quer em termos técnicos, quer logísticos, de segurança e de transporte, com destaque para o Ministério da Administração do Território e a Polícia Nacional que garantiram dar todo o apoio”, revelou.

Na ocasião, o músico adiantou que o “desafio” pretende levar amor, sorriso, carinho e solidariedade aos quatro cantos do país e demonstrar a união entre os artistas.

Kelly Silva, 34 anos, é natural de Luanda e conta na sua galeria com os prémios de “Badalada do Ano”, numa distinção do Top Rádio Luanda-2008, com o tema “Por você”. (Ja.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA