Justiça arresta casas de luxo de Álvaro Sobrinho

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

Cinco apartamentos de luxo em Cascais foram arrestados e convertidos em definitivo a favor do Ministério Público, avança o Correio da Manhã, adiantando que 80 milhões de euros estão sob investigação.

O empresário angolano Álvaro Sobrinho é suspeito de branquear cerca de 80 milhões de euros, noticia esta segunda-feira o Correio da Manhã, revelando ainda que o caso está a ser investigado pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) e já levou ao arresto de bens do empresário.

De acordo com o jornal, entre os imóveis penhorados estão cinco apartamentos de luxo no Estoril Sol Residence, em Cascais, arrestados para “garantir o pagamento de um valor aindanão totalmente apurado”, sendo que o capital para já denunciado ascende a 80 milhões de euros, segundo os registos prediais.

O arresto dos imóveis, diz ainda o Correio da Manhã, citando os mesmos documentos, foi convertido em definitivo a favor do Ministério Público em Maio passado.

De acordo com os mesmos registos prediais, refere o jornal, apenas um dos apartamentos estava ainda em nome de Álvaro Sobrinho e da mulher, tendo os restantes quatro passado para o nome dos filhos do empresário. (jornaldenegocios.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA