Israel nega qualquer diálogo com Hamas para trégua em Gaza

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Israel negou nesta segunda-feira manter qualquer diálogo com o grupo islamita Hamas, depois de uma série de informações sobre supostas negociações entre as duas partes para impor uma trégua de longo prazo na Faixa de Gaza.

“Israel deixa claro, oficialmente, que não mantém nenhuma reunião com o Hamas, seja directa ou por intermédio de outro país”, anunciou o gabinete do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, em um comunicado.

Meios de comunicação árabes e turcos divulgaram nas últimas semanas informações, recuperadas por seus colegas israelitas, indicando encontros entre Israel e o movimento palestino que controla a Faixa de Gaza.

Segundo estas informações, os encontros teriam tratado dos meios para se alcançar uma trégua de 8 a 10 anos e a suspensão do bloqueio imposto por Israel ao enclave palestino.

Estas informações foram alimentadas durante visitas recentes a Arábia Saudita e Turquia por declarações do líder do Hamas no exílio, Khaled Mechal.

Em Junho, fontes do Hamas informaram ter mantido contactos indirectos com Israel para “trocar ideias” sobre uma trégua de longo prazo. Fontes israelitas confirmaram estes contactos.

Um cessar-fogo informal, negociado com a intermediação do Egipto, pôs fim, em Agosto de 2014, a uma guerra de 50 dias, desencadeada por uma ofensiva israelita que devastou a Faixa de Gaza.

Nesta guerra morreram 2.200 palestinos, a maioria civis, segundo cifras da ONU. Do lado israelita, houve 73 mortes, a maioria de soldados. (afp.com)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA