Huíla: Sinistralidade rodoviária causa seis mortos no fim de semana

Sinistralidade rodoviária (Foto: Angop)

Lubango – Seis pessoas morreram e sete outras ficaram feridas como consequência de 18 acidentes de viação, registados no fim de semana, pela Unidade Operativa Reguladora e Fiscalizadora do Trânsito, na província da Huíla.

Sinistralidade rodoviária (Foto: Angop)
Sinistralidade rodoviária (Foto: Angop)

A Angop soube segunda-feira, no Lubango, do porta-voz do Comando provincial da Polícia Nacional, super-intendente chefe Paiva Tomás, que comparado a igual período anterior a corporação observou a redução de cinco mortes e de três feridos, ao passo que houve um aumento de seis acidentes.

O oficial da Polícia Nacional disse, ao fazer o balanço operativo e de regularização do trânsito, que os acidentes se traduziram em seis colisões entre automóveis e motociclos, igual número de colisões entre viaturas, três atropelamentos, um choque contra obstáculo fixo, um capotamento e um despiste.

O excesso de velocidade (6) foi a causa principal dos sinistros, seguindo-se a não cedência de prioridade de passagem (4) e três ultrapassagens irregulares.

Administrativamente ocorreram 13 acidentes no Lubango, Gambos e da Humpata com dois cada e um em Quilengues. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA