Huíla: Fazendeiro defende alimentação cuidada para bovinos

(Foto: Lucas Neto)
(Foto: Lucas Neto)
(Foto: Lucas Neto)

O director-geral da Cooperativa dos Criadores de Gado do Sul de Angola (CCGSA), Álvaro Fernandes, sugeriu sábado a contratação de nutricionistas para alimentação do gado bovino, a fim de se evitarem mortes pela fraca alimentação.

Falando numa palestra sobre “Os pilares da produção animal – Alimentação “, o responsável disse ser necessário que os criadores tenham sempre especialistas que cuidem dos animais, particularmente da nutrição.

O director defende a adequação dos índices de lotação, adaptando-os à disponibilidade de pasto, para que se consiga aumentar a pressão de seleção do rebanho.

“Com uma média de 28 novilhas de reposição, para cada 100 vacas, a responsabilidade de melhoramento genético fica apenas com os touros e não compartilhada com as melhores novilhas”, realçou.

A actividade se enquadrou na feira agro-pecuária da Huíla, que encerra hoje domingo, onde os participantes abordaram temas como surto de febre aftosa no gado bovino, factores de riscos da peripneumonia contagiosa e combate às zoonoses (projecto integrado de saúde pública).

As principais doenças microbianas do gado bovino em regime extensivo, parasitismo equino, os pilares da produção animal, necessidade de vitamina “A” na nutrição animal, alimentação e abeberagem em equinos, condução e recuperação das pastagens foram temas igualmente analisados. (portalangop.co.ao)

Angop/Jak/Mf

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA