Huíla: Empossados novos decanos de unidades orgânicas da Universidade Mandume

DECANOS DA UNIVERSIDADE MANDUME TOMAM POSSE (Foto: José Krithinas)

Lubango- Um novo corpo directivo dos órgãos executivos de gestão das unidades orgânicas da Universidade Mandume Ya Ndemufayo foi hoje, no Lubango, província da Huíla, empossado, numa cerimónia presidida pelo reitor da referida academia, Orlando da Mata.

DECANOS DA UNIVERSIDADE MANDUME TOMAM POSSE (Foto: José Krithinas)
DECANOS DA UNIVERSIDADE MANDUME TOMAM POSSE (Foto: José Krithinas)

A cerimónia, que decorreu no auditório principal da referida universidade, contou com a presença da vice-governadora da Huíla para o sector politica e social, Maria João Chipalavela.

Para a faculdade de direito foi empossado como decano, Abraão Mulangi, Rangel Domingos como vice-decano para a área académica e Urbano Gaspar para o sector científico.

Na faculdade de medicina, Ana Maria Geraldo foi reconduzida para o cargo de decana, enquanto César Fernando Reis como decano da faculdade de economia, que terá ainda como adjuntos, Celda Marques, para s área académica, e Francisco Domingos para o ramo científico.

Alberto Raimundo Wapota é o decano do Instituto Superior Politécnico da Huíla, Samuel Candundo vice-decano para a área académica e Rafael Chinga Chiwa como responsável do sector científico.

Tomaram ainda posse, Bernardo Manuel Camunda, como decano da Escola Superior Pedagógica do Namibe e Lucrécia Prata vice-decana para a área académica.

Na ocasião, o reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, Orlando da Mata, disse que nos próximos quatro anos a academia terá pela frente tarefas e desafios e não deverá só o colégio reitoral procurar por soluções.

“As equipas jogam um papel importantíssimo na adequação e aprovação do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), assim como na elaboração e aprovação de linhas estratégicas para a sua operacionalização e implementação, tendo em conta a situação económica e financeira actual”, realçou.

A UMN compreende a 6ª região académica e tem a sua sede na cidade de Lubango,  abrangendo às províncias da Huíla e Namibe.

Integra seis unidades orgânicas que ministram vários cursos em diversas áreas de especialidade do saber científico, no nível de licenciatura.

Controla as Faculdades de Direito, Economia e de Medicina, bem como os Institutos Superiores Politécnicos no Lubango  e do Namibe, e a Escola Superior  Pedagógica (Namibe).

Mais de dez mil estudantes frequentaram o ano lectivo de 2015 nesta universidade. No ano transacto colocou no mercado mais de 40 novos médicos, entre outros. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA