Homens com uniforme do exército afegão matam soldados da Otan

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Dois homens com uniformes do exército afegão mataram nesta quarta-feira dois soldados da OTAN na região sudoeste do país, informou a Aliança Atlântica.

Os dois homens abriram fogo contra um veículo de soldados da OTAN em uma base do exército afegão na província de Helmand, um reduto dos talibãs.

Dois soldados da Aliança Atlântica, que não tiveram as nacionalidades reveladas, morreram no ataque. Os dois criminosos morreram na resposta dos militares, segundo a OTAN.

Este tipo de ataque, com soldados afegãos ou insurgentes vestidos como militares afegão abrindo fogo contra integrantes da coalizão internacional, se tornou uma das principais ameaças nos últimos anos contra as forças da OTAN, que têm a missão de apoiar o governo de Cabul no combate à insurreição talibã.

O ataque desta quarta-feira, o primeiro incidente deste tipo desde Abril, demonstra a desconfiança entre as tropas afegãs e os militares estrangeiros.

A coalizão não informou se os atiradores eram soldados afegãos ou integrantes de um comando suicida de insurgentes infiltrados no exército do Afeganistão para matar soldados estrangeiros.

Desde o fim de sua missão de combate em Dezembro do ano passado, a OTAN dispõe de 13.000 soldados no Afeganistão, responsáveis pelo treinamento das tropas afegãs na luta contra os talibãs, que intensificaram os ataques nos últimos meses. (swissinfo.ch)

por AFP

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA