Girabola2015: Maquis mantém sequência de maus resultados em casa

MAQUIS VOLTA A CAIR EM CASA (Foto: António Escrivão)

Luena – O FC Bravos do Maquis voltou a perder sábado, no estádio Mundunduleno, no Luena, seu palco oficial, pela segunda vez consecutiva no Girabola2105, desta, diante do Intercube, por 0-1, no desafio a contar para 19ª jornada do campeonato nacional.

MAQUIS VOLTA A CAIR EM CASA (Foto: António Escrivão)
MAQUIS VOLTA A CAIR EM CASA (Foto: António Escrivão)

Depois de perder diante do Petro de Luanda (1-2) no encontro da 17ª ronda, a equipa, entrou determinada a equilibrar o desafio, mesmo sem espectáculo e brilho de ambas formações nos minutos iniciais, com excepção o “incómodo” de Djemba que rematou forte aos dois minutos, mas sem preocupações ao guarda-redes visitado, Alex.

Jovem jogador Bruno (22 anos), vindo de Portugal, foi a “estrela” maquisardes nesta etapa, que respondeu igualmente com um forte remate e obrigou o guarda-redes JB do Intercluebe, a uma defesa arrojada.

O contra-ataque “mortífero” dos polícias, decorreu no primeiro quarto de hora (15′), com Pirolito e Moco a driblarem com combinações de tabelinha, e à entrada da grande área Moco remate forte e bate pela primeira e última vez o guarda-redes Alex, na sua estreia no Girabola.

Na segunda parte, foi o Bravos do Maquis a dominar o desafio, procurando a todo custo o golo da igualdade que chegou a acontecer aos 64 minutos, mas o auxiliar José Félix, assinalou irregularidade ao Bruno, dianteiro maquisardes.

Preocupado com o resultado, Vitor Manuel lançou em campo, os veteranos Djó e Zé Kalanga, e o jovem Kiloy, porém, o resultado desfavorável aos donos de casa, manteve até aos 90 minutos (0-1). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA