FAA em Cabinda actualizam conhecimentos sobre geografia e cartografia militar

EFECTIVOS DAS FAA EM CABINDA-ACTUALIZAM CONHECIMENTOS SOBRE GEOGRAFIA E CARTOGRAFIA MILITAR (Foto: Angop)

Cabinda – Efectivos das Forças Armadas Angolanas ao nível da Região Militar Cabinda estão a ser actualizados sobre conhecimentos que visam habilitar os chefes e oficiais a dominarem métodos de orientação ligados a geografia e cartografia militar.

EFECTIVOS DAS FAA EM CABINDA-ACTUALIZAM CONHECIMENTOS SOBRE GEOGRAFIA E CARTOGRAFIA MILITAR (Foto: Angop)
EFECTIVOS DAS FAA EM CABINDA-ACTUALIZAM CONHECIMENTOS SOBRE GEOGRAFIA E CARTOGRAFIA MILITAR (Foto: Angop)

O módulo aberto esta, segunda-feira, no Quartel General da Região Militar Cabinda e que conta com a participação de 50 efectivos tem como objectivos, ensinar os participantes sobre as definições de posição de qualquer ponto da superfície terrestre através do sistema de coordenadas geográficas e rectangulares, bem como dar a conhecer as formas de orientação com carta.

Com duração de aproximadamente 10 dias, os participantes vão tomar também, conhecimentos sobre o conceito e história da geografia militar como ciência no contexto das FAA, relacionar a geografia com outras ciências militares e estudar a influência das características geográficas da terra nas operações militares.

Identificar principais elementos geográficos a ter em conta durante o desenvolvimento de operações militares com as forças e a técnica, caracterizar as condições hidrográficas da região e a importância do ambiente na camuflagem das tropas e preparar as tropas no sentido de adaptarem-se defensivamente nas condições geográficas da Região Militar, são igualmente aspectos que serão ministrados durante o seminário.

O módulo que hoje, terça-feira, se encontra no seu segundo dia de formação tem também como objectivo, actualizar os efectivos das FAA ao nível da Região Militar Cabinda de conhecimentos nesta área tendo em conta os desafios do futuro que visam a manutenção da Paz, segurança e estabilidade territorial. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA