Expulso da Frente Nacional, Jean-Marie Le Pen ataca a filha (Vídeo)

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

Furioso depois de ter sido expulso da Frente Nacional, Jean-Marie Le Pen não poupa ataques à filha.

O comité executivo do partido anunciou na quinta-feira a decisão, depois de Jean-Marie Le Pen ter insistido em manter as afirmações de abril passado, quando reiterou que as câmaras de gás são um detalhe da II Guerra Mundial.

“Ser perseguido pela direção do partido que fundei e quando a presidente do partido é a minha própria filha, parece-me de facto assustador”, disse, indignado, o político de 87 anos, sublinhando que “A FN sou eu, na FN estou em minha casa”.

Jean-Marie Le Pen vê-se expulso do partido que fundou em 1972, pela mais alta instância disciplinar da Frente Nacional. A sua sucessora na liderança do partido deixou claro que as posições públicas do pai tornaram inevitável esta medida.

Para Marine Le Pen, estão enterrados os tempos da campanha de 2002, quando ao lado do pai celebrou um surpreendente sucesso eleitoral. Jean-Marie Le Pen conseguiu então a proeza de levar o partido à segunda volta das presidenciais, contra Jacques Chirac.

Mas hoje é a vez da filha ambicionar a presidência e os propósitos racistas do pai são um sério empecilho.

Domar o velho patriarca pode ser tarefa mais espinhosa do que Marine desejaria. Para já, o pai fez saber que a expulsão não o impedirá de marcar presença na universidade de verão que assinalará a reentrada política da FN, em Marselha, dias 5 e 6 de setembro. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA