Em referendo, povoado eslovaco se opõe à chegada de imigrantes

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Os habitantes do povoado eslovaco de Gabcikovo (sul) se manifestaram neste domingo mediante um referendo contra a chegada de 500 imigrantes vindos da Áustria em virtude de um acordo entre Bratislava e Viena.

Cerca de 97% dos eleitores responderam “sim” à pergunta “Você é contra estabelecer um campo provisório de imigrantes no edifício da Universidade técnica da Eslováquia?”, informou o chefe da Comissão eleitoral do referendo, Teodor Bodo.

Segundo Bodo, de 4.300 eleitores, cerca de 2.600 habitantes adultos de Gabcikovo participaram da votação, na qual somente 102 foram a favor de acolher os imigrantes.

As autoridades locais organizaram a consulta após receberem uma petição assinada por 3.150 habitantes de Gabcikovo.

O ministério do Interior eslovaco alertou que o resultado da consulta não é considerado ‘vinculante’, ou seja, não obriga o país a voltar atrás de sua decisão.

Há algumas semanas, a Eslováquia acordou com a Áustria a acolhida de 500 imigrantes. O acordo foi justificado como um “ato de solidariedade” e como uma espécie de pagamento das “dívidas” que a Bratislava tem com Viena. (swissinfo.ch)

afp_tickers

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA