Egipto: presidente emenda lei para as eleições legislativas

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O presidente do Egipto emendou neste domingo a lei eleitoral que regula as consultas legislativas, segundo o jornal estatal. A medida abre caminho para que a comissão eleitoral determine a data do escrutínio.

Abdel Fatah al Sissi, ex-comandante do exército e actual presidente, que derrubou o islamita Mohamed Mursi em 2013, prometeu eleições até o final desse ano.

As eleições legislativas, a princípio previstas entre 21 de Março e 7 de Maio deste ano, foram adiadas depois que o tribunal do país julgou inconstitucionais alguns aspectos da lei eleitoral, em particular no que se refere ao corte de eleitores.

Após as emendas, o novo Parlamento contará com 568 deputados, 448 eleitos nominalmente e 120 através de listas, segundo texto divulgado neste domingo. (swissinfo.ch)

afp_tickers

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA