Donald Trump pondera avançar como independente às presidenciais dos EUA

(LUSA)
(LUSA)
(LUSA)

O magnata Donald Trump não descartou, esta quinta-feira, a possibilidade de se apresentar como independente caso não seja escolhido como candidato do Partido Republicano às presidenciais norte-americanas de 2016.

“Se for nomeado [no Partido Republicano] não me vou apresentar como independente”, respondeu, Trump, à pergunta dos moderadores do primeiro debate sobre se os dez aspirantes a candidatos presentes descartavam uma candidatura independente.

O primeiro debate entre os dez aspirantes melhor situados para ser o candidato republicano nas eleições presidenciais de 2016 começou, esta quinta-feira, em Cleveland (Ohio), num clima de grande aparato mediático.

Questionado sobre comentários depreciativos relativamente às mulheres, Trump afirmou que “o grande problema dos Estados Unidos é a correção política”, o que lhe valeu aplausos entre o público que assistia ao debate, acrescentando que “não tem tempo” para ser politicamente correto.

“Não tenho tempo para ser sempre politicamente correto. Este país tem sérios problemas. Já não ganhamos. Perdemos contra a China, contra o México, contra o mundo inteiro em assuntos comerciais. Eu digo o que digo e, se não gostas, lamento”, vincou.

O senador pelo Kentucky Rand Paul replicou, acusando Trump de “estar habituado a comprar políticos” e recordando que, no passado, o magnata do imobiliário financiou campanhas dos democratas Bill e Hillary Clinton.

O debate teve início às 21:00 (02:00 em Lisboa) no Quicken Loans Arena, com os dez aspirantes alinhados numa tribuna de acordo com a ordem em que surgem nas sondagens, com Trump, que lidera, a figurar ao centro. (noticiasaominuto.com)

por Lusa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA