Dois jornalistas franceses chantageiam rei de Marrocos

(DR)
(DR)
(DR)

Dois jornalistas franceses foram detidos ontem à tarde sob a suspeita de ter tentado chantagear e extorquir dinheiro do rei de Marrocos em troca da não publicação de um livro que estavam a preparar sobre Mohammed VI.

Os dois jornalistas detidos ontem, Eric Laurent e Catherine Graciet, chegaram a publicar juntos em 2012, uma investigação muito critica em relação a Mohammed VI intitulada “o Rei predador”.

De acordo com a coroa marroquina, o jornalista Eric Laurent entrou em contacto com o gabinete do rei a 23 de Julho para solicitar um encontro, indicando que estava a preparar um novo livro sobre o monarca. Dias depois encontra-se com um representante do gabinete do rei a quem terá dito que em troca de 3 milhões de euros estavam dispostos a não publicar o livro.

Daqui por diante, Marrocos apresenta queixa, uma investigação é lançada, e os próximos encontros entre os jornalistas e o representante do rei são filmados, gravados e vigiados pela polícia, refere o advogado do rei de Marrocos, Eric Dupont Morreti afirmando ainda que os dois jornalistas terão recebido respectivamente 40 mil euros. (rfi.fr)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA