Dia Mundial da Juventude

(ja.ao)

Os jovens  são um dos mais importantes recursos humanos para o desenvolvimento e podem ser agentes essenciais de inovação e de mudanças sociais positivas, declarou a ONU, ontem, em mensagem por ocasião do Dia Internacional da Juventude, que hoje se assinala.

(ja.ao)
(ja.ao)

“Hoje, o mundo conta com cerca de três mil milhões de habitantes com menos de 25 anos e mais de 100 milhões de crianças em idade escolar não frequentam a escola”, refere o comunicado da ONU.

“Todos os dias, perto de 30 mil crianças morrem devido à pobreza e sete mil jovens contraem o HIV/Sida”, lê-se na mensagem da ONU, para quem os jovens constituem um quarto da população activa e representam metade do total de desempregados.

O mercado de trabalho, salienta na mensagem a ONU, tem dificuldade em assegurar aos jovens empregos estáveis, que lhes ofereçam boas perspectivas, excepto quando são altamente qualificados.

“Sem um trabalho condigno, os jovens tornam-se particularmente vulneráveis à pobreza, o que, por sua vez, dificulta o acesso à educação e a serviços básicos de saúde, limitando ainda mais a sua empregabilidade”, lê-se na mensagem.

Neste Dia Internacional, recomenda a Organização das Nações Unidas, os Governos devem aproveitar a data para criar oportunidades e redobrar esforços para apoiarem os jovens e levá-los a realizar o seu potencial, para benefício de todos.

“O objectivo é encorajar o diálogo e compreensão entre gerações e promover os ideais de paz, respeito pelos direitos humanos, liberdade e solidariedade”, diz a ONU, para a qual a data deve servir para estimular os jovens na promoção de progresso, com ênfase nas Metas de Desenvolvimento do Milénio.

As metas incluem a redução de uma série de males sociais até 2015, como a extrema pobreza, a fome, a mortalidade materna e infantil, a falta de acesso à educação e cuidados de saúde.

A  efeméride  foi instituída em Dezembro de 1999 pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Numa resolução, a Organização das Nações Unidas endossou a recomendação saída da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, realizada em Lisboa, de 8 a 12 de Agosto de 1998, que declarou o dia 12 de Agosto como Dia Internacional da Juventude.

A Conferência Mundial recomendou a data e incentivou que se organizassem actividades públicas e informativas, no sentido de apoiar o dia, para melhor promover o conhecimento do Programa Mundial da Acção para a Juventude. (ja.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA