Deterioração do abastecimento de água na capital tswanesa

Bandeira do Botswana (D.R)
Bandeira do Botswana (D.R)
Bandeira do Botswana (D.R)

A capital do Botswana, Gaberone, vive uma grave penúria de água, declarou na terça-feira a companhia nacional das águas.

O porta-voz da empresa, Matlida Mmipi, indicou que  Gaberone e as regiões vizinhas estão com um défice de 17,90 milhões de litros de água na sequência de uma interrupção dos tubos que levam água para a capital a partir do norte do Botswana.

“A maioria de Gaberone continuará a ter uma baixa pressão ou nenhum abastecimento de água, mesmo fora do calêndrário do racionamento”, declarou  Mmipi.

A capital depende do norte em relação ao fornecimento da água marcada pela tensão das infraestruturas hidráulicas e uma ruptura constante de canalizações.

A barragem de Gaborone e a  de bokaa, as principais fontes  de água da capital, estão actualmente a 2 porcen to e 1,6 porcento, respetivamente, das suas capacidades. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA