Deputada afirma que Medicina tradicional está a progredir a nível do país

EXPOSIÇÃO DE MEDICAMENTOS TRADICIONAIS (Foto: Gaspar Dos Santos)

A medicina tradicional está a progredir a nível do país e, por isso, é fundamental que os terapeutas sensibilizem a população a aderir a este método como cura de algumas doenças, afirmou hoje, segunda-feira, em Luanda, a deputada afecta a 7ª Comissão , Faustina Alves .

EXPOSIÇÃO DE MEDICAMENTOS TRADICIONAIS (Foto: Gaspar Dos Santos)
EXPOSIÇÃO DE MEDICAMENTOS TRADICIONAIS (Foto: Gaspar Dos Santos)

A afirmação foi feita durante  o fórum regional sobre política nacional de medicina tradicional e práticas complementares que decorre sobre o lema “regulamentação dos terapeutas  da região Africana, no âmbito do 31, dia da medicina tradicional.

” A população deve ser educada sobre a medicina tradicional e como usa-la  em questões de uma enfermidade”, apelou

A Deputada  apelou aos terapeutas tradicionais para que  os medicamentos  tenham uma dosagem que  venha a permitir que  o paciente possa tomar sem qualquer problema.

Por sua vez, o representante do Ministério da Saúde, Zimga  David,  disse que,  a nível da região africana, 18 países já aprovaram a medicina tradicional  e   têm os respectivos departamentos  que respondem sobre o assunto.

Sublinhou que atá ao momento encontram-se 21 países a desenvolver a medicina tradicional e como sempre Angola é um deles.

Participaram do evento terapeutas  do Brasil , Congo Democrático,   Ganda , África do Sul e  das 18 províncias de Angola,  que expuseram os seus  medicamentos oriundos de raízes e folhas de diversas plantas e árvores. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA