Defendida aposta na indústria de moda para criação de mais empregos

(D.R)

O produtor de eventos Daniel Pires advogou hoje, quinta-feira, em Luanda, um maior investimento na indústria da moda, para gerar mais postos de emprego e contribuir no crescimento da economia do país.

(D.R)
(D.R)

Em declarações à Angop, a propósito do desenvolvimento da moda durante os 40 anos de independência nacional, alcançada a 11 de Novembro de 1975, o produtor acrescentou que esse sector cultural pode contribuir para a diversificação da economia angolana.

Referiu que a moda abranger uma vasta gama de actividades económicas como a produção de algodão, a indústria têxtil até a comercialização de roupa, sectores que podem empregar muitas pessoas, principalmente os jovens.

Apelou, nesta esteira, às instituições públicas e privadas a investirem mais no sector da moda para se inverter o actual quadro, em que a maior parte da produção é importada do estrangeiro.

“O país tem um potencial agrícola muito forte, além da componente humana, logo tem de inverter o actual cenário, de dependermos em grande medida da importação de vestuários e outros adereços têxteis”, sublinhou. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA