Coveiro é preso após destruir túmulo para fazer sexo com cadáver de idosa

(Reprodução/Portal PHB em Nota)
(Reprodução/Portal PHB em Nota)
(Reprodução/Portal PHB em Nota)

Um coveiro foi preso em flagrante na manhã do último domingo (30) por violar um túmulo e ter relações sexuais com um cadáver. O caso macabro aconteceu no cemitério público de Parnaíba, que fica no Piauí.

O corpo em questão era de uma idosa de 79 anos que havia sido enterrada no local no último sábado (29). Após denúncia, os policiais chegaram ao local e viram o corpo sem roupa, com a genitália exposta e com o túmulo destruído.

“Recebemos a denúncia de que alguém teria violado a cova de uma idosa enterrada no sábado. Ao chegar no local, os policiais encontraram o corpo com sinais de que teria sido abusado sexualmente e acionaram a perícia. Após indícios achados no local, a polícia chegou ao coveiro do cemitério, que foi preso em flagrante”, explica o major Adriano Lucena.

Logo após a prisão, a família da idosa foi avisada do crime e participará dos processos que decorrerão após a investigação. Para comprovar o abuso, o coveiro e o cadáver passarão por um exame de corpo de delito. (yahoo.com)

 

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA