Corpo de bombeiros vai criar capacidade municipal, pensando no cidadão

COMANDANTE DO SERVIÇO NACIONAL DE PROTECÇÃO CIVIL E BOMBEIROS, ANTÓNIO GIMBE (Foto: Henri Celso)

O comandante do Serviço Nacional de Protecção Civil (SNPCB e Bombeiros, comissário bombeiro António Vicente Gimbe, garantiu quinta-feira, em Luanda, que o seu órgão, vai criar a capacidade funcional junto dos municípios, tendo em conta a excelência, princípio orientador da Organização das Nações Unidas (ONU).

COMANDANTE DO SERVIÇO NACIONAL DE PROTECÇÃO CIVIL E BOMBEIROS, ANTÓNIO GIMBE (Foto: Henri Celso)
COMANDANTE DO SERVIÇO NACIONAL DE PROTECÇÃO CIVIL E BOMBEIROS, ANTÓNIO GIMBE (Foto: Henri Celso)

Em declarações à imprensa, após apresentar os meios de extinção de incêndios e resgate expostos na Feira dos Municípios e Cidades de Angola (FMCA 2015), o responsável informou que vão potenciar todas unidades locais, porque em sua opinião o município é o núcleo da municipalização, onde as acções devem estar direccionadas.

Assim sendo, asseverou que vão transferir a capacidade de auto proteger-se para o munícipe, tendo salientado que o trabalho dos SNPCB deve ser aproximado aos seus servidores e beneficiários, que é a população.

Na ocasião, apelou aos cidadãos para primarem pela cultura da responsabilidade e auto protecção, no sentido de se evitarem os trágicos acidentes que registam-se um pouco por todas estradas do país.

Apelou, igualmente, que se tenha toda atenção às crianças e aos idosos, que são os seres mais frágeis da sociedade, tendo sublinhado que deve haver cuidados e respeito a vida.

Na feira estão inscritos mais de 300 expositores, entre administrações municipais, comissões administrativas de cidades governos provinciais, ministérios e outros organismos públicos, operadores hoteleiros e turísticos, empresas privadas e representações de alguns países.

A Feira dos Municípios e Cidades de Angola (FMCA/2015) visa promover o conhecimento das potencialidades dos diversos municípios e combater as assimetrias regionais em termos de desenvolvimento.

A mesma decorre em simultâneo com a Bolsa Internacional de Turismo de Angola, na Feira Internacional de Luanda. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA