Coligação reconquista maior base militar do Iémen

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

As forças leais ao presidente iemenita Abd-Rabbu Mansour Hadi, exilado na Arábia Saudita terão conquistado a maior base militar do Iémen aos rebeldes Huthis.

A informação foi revelada por um comandante das forças armadas que referiu terem existido violentos combates, com inúmeros mortos e feridos.

Não existe ainda qualquer reação dos rebeldes xiitas.

As forças da coligação liderada pelos sauditas procuram agora por combatentes foragidos de forma a segurar a região.

A confirmarem-se as informações, as forças armadas e os aliados ficam com a porta aberta para a cidade de Taiz, onde os rebeldes Huthi, acusados de terem apoio iraniano, estão entrincheirados em violentos combates.

A base de al-Anad tinha estado cercada por uma resistência do sul, incluindo secessionistas que aspiram um Iémen do Sul independente.

O assalto final apenas foi iniciado com a chegada de artilharia e armamento pesado dos países da região, que temem a expansão da influencia regional de Teerão, em particular a Arábia Saudita. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA