China mantém liderança do crescimento económico mundial: primeiro ministro

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, assegurou que seu país continua liderando o crescimento económico mundial, depois que as preocupações sobre a desaceleração de sua economia sacudiram os mercados financeiros do planeta, informaram neste sábado veículos de comunicação estatais.

“A economia chinesa evolui em uma forquilha adequada e a China se mantém na liderança do crescimento mundial”, disse Li na sexta-feira, durante reunião do governo dedicada às consequências na China da conjuntura económica e financeira internacional.

“No contexto de situações complexas e mutáveis no exterior e de problemas profundamente arraigados no nosso país, avançamos garantindo, ao mesmo tempo, a estabilidade” através de medidas “em favor de reformas estruturais e de macro regulações concretas”, acrescentou o chefe de governo em alusão à redução das taxas de juros e do piso das reservas dos bancos, entre outros.

“Agora que os motores tradicionais do crescimento não são tão fortes, é importante tomar novas medidas para sustentar as reformas e se abrir. É preciso proporcionar mais bens e serviços públicos e promover a iniciativa empresarial e a inovação maciça para estimular o crescimento”, destacou.

A China registou no ano passado um crescimento de 7,4%, seu menor nível em quase um quarto de século, e Pequim fixou-se em 2015 uma meta de 7%.

O Banco Central chinês, o PBOC, desejoso de tranquilizar os mercados e mostrar sua determinação a reactivar a actividade económica, anunciou nesta terça-feira uma nova queda das taxas de juros, a quinta desde Novembro de 2014. (swissinfo.ch)

afp_tickers

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA