Cabo Verde cria prémios para incentivar atividades do agronegócio

Bandeira de Cabo Verde (D.R)
Bandeira de Cabo Verde (D.R)
Bandeira de Cabo Verde (D.R)

O Ministério de Desenvolvimento Rural (MDR) de Cabo Verde procede, esta semana, ao lançamento do concurso para a atribuição dos  “Prémios do Agronegócio de Cabo Verde” com o objetivo de promover e reforçar as iniciativas privadas inovadoras no setor, apurou a PANA, domingo, na cidade da Praia, de fonte oficial.

Os prémios foram criados também com o propósito de fazer a promoção de parcerias público-privadas nos investimentos que contribuem para o desenvolvimento da produção agropecuária e do agronegócio.

Fonte do MDR indicou que o concurso compreende três categorias de prémios, sendo o primeiro destinado a um Projecto Inovador no setor do agronegócio, no domínio da produção agropecuária e do agronegócio com comprovada viabilidade económica e impacto social para a comunidade.

A segunda categoria destina-se ao Jovem Agricultor, uma distinção a ser atribuída a agricultores, até ao limite de 35 anos, que se destaquem pelo seu engajamento na prática de atividades agropecuárias e de agronegócio.

Já a terceira categoria recai sobre a Mulher Empreendedora, um prémio a ser atribuído a mulheres agricultoras/criadoras, distinguidas pelo seu empreendedorismo e adoção de novas tecnologias de produção.

A atribuição dos prémios incidirá sobre as atividades dos setores agrícola, compreendendo a produção de produtos de origem vegetal; pecuário, para produtos de origem animal; florestal, para a produção e transformação de produtos florestais e seus derivados e de técnicas de gestão agro-silvopastoril e agronegócio, para a transformação, industrialização, distribuição e comercialização de produtos agrícolas, pecuários e florestais e outras atividades empresariais.

A candidatura aos prémios deve ser efetuada mediante a apresentação de um projeto (Investimento em Curso) que verse sobre o desenvolvimento de atividades de um dos setores previstos  e a entrega dos prémios será feita no ato da comemoração do Dia Mundial da Mulher Rural, no dia 15 de outubro próximo. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA