Cabo Verde: Centro de Furacões alerta ilhas sob ameaça de tempestade tropical

MAPA DE CABO VERDE (Foto: Angop)

Praia – O arquipélago de Cabo Verde deverá ser atingido, nas próximas 24 horas, por uma tempestade tropical formada a 400 milhas do sudeste das ilhas, com as previsões a apontarem para ventos de 40 a 130 km/hora acompanhados por chuvas fortes e trovoadas, soube a PANA domingo de fontes autorizadas.

MAPA DE CABO VERDE (Foto: Angop)
MAPA DE CABO VERDE (Foto: Angop)

O alerta do Centro Nacional de Furacões (NHC), da Universidade Internacional de Flórida, nos Estados Unidos, indica que a tempestade, baptizada de “Fred”, é um sistema tropical formado no Oceano Atlântico e que está a mover-se para o noroeste das ilhas,  devendo atingir o arquipélago na segunda e terça-feiras.

A notícia foi confirmada pelo Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) de Cabo Verde, indicando que, para além dos fortes ventos e precipitações “prevê-se um aumento considerável da agitação marítima, nas regiões a sul e leste das ilhas, bem como na parte norte”, com ondas que podem chegar aos sete metros.

O Ministério da Administração Interna de Cabo Verde emitiu um conjunto de recomendações, entre as quais se aconselha às pessoas a manterem-se em casa e afastadas das janelas, ao mesmo tempo que elas devem reforçar as medidas de segurança nas habitações.

Na segurança das habitações, aconselha-se, nomeadamente, desobstruir as calhas, assim como reforçar as portas e janelas.

Também se recomenda às pessoas que, em caso de uma habitação não oferecer condições de segurança, se abriguem em casa de familiares, e que, mesmo quando o vento acalmar, não saiam de casa, porque os ventos podem voltar a qualquer momento.

Em declarações à Rádio de Cabo Verde (RCV), o director Nacional de Planeamento, Operações e Comunicação do Serviço Nacional de Protecção Civil cabo-verdiana, Nuno Oliveira, garantiu que o seu organismo está em alerta máximo devido à previsão de mau tempo.

O responsável indicou que o SNPC já está a trabalhar com os serviços municipais num plano de contingência, ao mesmo tempo que pede serenidade à população no caso de as previsões de mau tempo se confirmarem. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA