Cabo Verde: Autarquia da Ribeira admite ter interditado praia

MAPA DE CABO VERDE (Foto: Angop)

Ribeira Brava – A câmara da Ribeira Brava, na ilha cabo-verdiana de São Nicolau, admitiu nesta terça-feira ter interditado a banhos a praia da Prainha, onde no domingo seis jovens morreram no mar.

MAPA DE CABO VERDE (Foto: Angop)
MAPA DE CABO VERDE (Foto: Angop)

Em declarações à Rádio de Cabo Verde, o vereador Carlos Barbosa adiantou que essa é uma hipótese que está em cima da mesa, mas que terá ainda que ser discutida com a autoridade marítima.

“Teremos, com a Junta Marítima Portuária, que gere toda a orla marítima do país, que tomar alguma medida. Não sei se vai ser essa medida [interdição] no imediato, mas teremos que tomar alguma medida”, disse Carlos Barbosa, lembrou as praias da Ribeira Brava não têm nadadores-salvadores.

Os seis jovens desapareceram no mar da Prainha no domingo, tendo no mesmo dia os corpos de quatro deles sido resgatados do mar.

Na segunda-feira, foi recuperado um quinto corpo, permanecendo desaparecido um sexto jovem, que as autoridades continuam hoje a procurar com recurso a mergulhadores e embarcações.

Na segunda-feira, realizaram-se os funerais dos cinco jovens resgatados, cuja morte mereceu manifestações de pesar por parte do Governo e do Presidente da República.

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, que estava de visita à ilha da São Nicolau, alertou para a necessidade de maior segurança nas praias de Cabo Verde.

“Independentemente da ilha ou do local onde a praia esteja situada deve haver uma regulação quanto ao uso e adopção de medidas mínimas de segurança para as pessoas que vão para as praias”, disse. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA