Bush regressa à Nova Orleães dez anos após a passagem do “Katrina”

(EURONEWS)
(EURONEWS)
(EURONEWS)

George W. Bush parece querer reter apenas uma parte da história da passagem do furacão Katrina.

Dez anos depois de uma das piores catástrofes naturais a atingir os Estados Unidos ter devastado a popularidade do então presidente americano, Bush deslocou-se à cidade na companhia da mulher, Laura.

O ex-chefe de estado visitou a mesma escola à qual se tinha deslocado um ano após a intempérie, apresentada então como um modelo de reconstrução.

Uma forma de tentar silenciar as críticas à gestão da catástrofe, tanto então, como agora, quando um Bush volta a ser candidato às primárias conservadoras, com os olhos postos nas presidenciais.

O furacão tinha provocado a morte de cerca 2 mil pessoas, deslocando mais de um milhão de habitantes da cidade.

Uma tragédia agravada pela resposta tardia da administração liderada por Bush, acusada de não ter evacuado a cidade a tempo, antes da rotura dos diques de proteção.

Depois de Bush, outro ex-presidente, Bill Clinton, deverá assinalar amanhã o aniversário da tragédia na cidade.

Uma forma de reeditar a batalha das eleições de 2008, durante a qual Obama não poupou críticas à forma como Bush geriu a situação. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA