Botswana: Iniciou 35ª Cimeira da SADC

(Foto: Pedro Parente)
(Foto: Pedro Parente)
(Foto: Pedro Parente)

Os trabalhos da 35ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) iniciaram na manhã desta segunda-feira, em Gaberone, Botswana.

O Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, faz se representar no conclave por uma delegação encabeçada pelo Vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente.

O conclave, que termina na terça-feira, vai decorrer sob o lema “Acelerar a industrialização das economias da SADC através da transformação das riquezas naturais e valorização do capital humano”.

A cerimónia de abertura contou com exibições da banda das forças armadas tsuanesa, que entoou os hinos da República do Botswana e da SADC, bem como foi intercalada de momentos políticos e culturais.

O Rei Mussuati III da Swazilândia e os Presidentes da Namíbia, Moçambique, África do Sul, Zimbabwe e Botswana participam na Cimeira, assim como primeiro-ministro do Lesotho.

Outros Estados se fizeram representar por Vice-presidentes ou ministros dos Negócios Estrangeiros.

A cerimónia de abertura contou igualmente com a presença de antigos Presidentes de Estados membros, Primeiras-damas e autoridades políticas da República do Botswana.

A cerimónia de abertura foi igualmente marcada por discursos de Chefes de Estados eleitos no último ano tais como os da Namíbia, Hage Geingob, Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, da Zâmbia, Edgar Lungu, e o primeiro-ministro do Lesotho, Pakalitha Mosisili.

Estão agendados temas ligados a situação financeira da organização e o plano estratégico indicativo de desenvolvimento revisto da região.

A operacionalização de uma fundo de desenvolvimento para apoio a integração regional e o programa de industrialização devem ser também temas da agenda da reunião.

Deve ser ainda debatida a possibilidade de os Estados membros aumentarem as suas contribuições tendo em conta as necessidades de investimentos, ao invés de se destinarem apenas à cobertura dos salários do pessoal do secretariado.

Fazem parte de delegação angolana os ministros da Relações Exteriores, Georges Chikoti, e do Planeamento e Desenvolvimento Territorial, Job Graça, o embaixador no Botswana, José Agostinho Neto, o secretário de Estado do Comércio, Augusto Paixão Júnior, e altos funcionários de órgãos do Estado angolano. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA