Bié: SME detém 22 cidadãos de diferentes nacionalidades

Insígnia dos Serviços de Migração e estrangeiros de Angola (Foto: Tarcísio Vilela)
Insígnia dos Serviços de Migração e estrangeiros de Angola (Foto: Tarcísio Vilela)
Insígnia dos Serviços de Migração e estrangeiros de Angola (Foto: Tarcísio Vilela)

Pelo menos vinte e dois estrangeiros, que supostamente habitavam de forma ilegal na província do Bié, foram detidos no corrente mês (Agosto) pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME).

De acordo com o relatório da situação delituosa do Comando da Polícia Nacional, a que a Angop teve acesso hoje, os referidos cidadãos são da República Democrática do Congo, Congo Brazzaville, Senegal, que tentavam entrar na província, e outros da República Democrática do Congo que já praticavam actividades comerciais diversas, com fins lucrativos.

Entretanto, lê-se na nota, no quadro do combate às drogas, foram apreendidos 124 quilogramas e 14 plantas de estupefacientes (Liamba), destruição de 12 pequenas fábricas.

Segundo ainda o documento, a corporação realizou ainda seis micro-operações, resultando na recolha de uma arma de fogo de tipo AKM, uma granada de mão, quatro projécteis de morteiro 60 mm, quatro projécteis de morteiro 82 milímetros, um projéctil de 81 milímetros e dois projécteis de RPG-7.

Foi ainda desmantelado, de acordo com o documento, um grupo de marginais “sem denominação”, composto por seis elementos, que se dedicavam a furtos, tráfico e consumo de estupefaciente.

Em consequência foram detidos 71 indivíduos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA