Bié: Registo civil abrange mais de nove mil cidadãos vulneráveis

MATEUS BALANGA - DELEGADO PROVINCIAL DA JUSTIÇA (Foto: Angop)

Cuito – Nove mil e 703 cidadãos considerados vulneráveis na província do Bié beneficiaram do registo de identificação civil, liderado pela delegação provincial da justiça, durante o primeiro semestre do corrente ano.

MATEUS BALANGA - DELEGADO PROVINCIAL DA JUSTIÇA (Foto: Angop)
MATEUS BALANGA – DELEGADO PROVINCIAL DA JUSTIÇA (Foto: Angop)

A informação foi prestada hoje (sexta-feira) no Cuito pelo delegado da justiça, Mateus Balanga, e esclareceu que a acção enquadra-se no âmbito do processo de “registo gratuito”, decretado pelo governo angolano.

Mateus Balanca assegurou que do registo efectuado figuram quatro mil e 103 em crianças menores de cinco de idade de ambos os sexos, bem como cinco mil e 600 cidadãos maiores de idade.

Para dinamizar o processo, segundo o responsável, a instituição instalou postos nas administrações municipais, assim como em algumas comunas, maternidades e centros maternos infantis, a nível da província. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA