Bié: Polícia Nacional regista 51 crimes de natureza diversa

Superintendente - chefe António Hossi - Director do gabinete de informação e imagem da PN (Foto: LEONARDO CASTRO)
Superintendente - chefe António Hossi - Director do gabinete de informação e imagem da PN (Foto: LEONARDO CASTRO)
Superintendente – chefe António Hossi – Director do gabinete de informação e imagem da PN (Foto: LEONARDO CASTRO)

Cinquenta e um crimes de natureza diversa foram registados na província do Bié, pelo Comando Provincial da Polícia Nacional, durante os últimos sete dias, mais 12 casos em relação ao período anterior.

A informação foi veiculada hoje, sábado, na cidade do Cuito à Angop pelo director do gabinete de comunicação e imagem do comando provincial da Polícia Nacional, superintendente – chefe, António Hossi, quando balanceava a situação delituosa da semana finda.

António Hossi sublinhou que, entre os crimes figuram contra a ordem e tranquilidade pública, uso e posse de estupefacientes, uso ilegal de armas de fogo e de engenhos explosivos, homicídios voluntários e com culpas graves, entre outros.

Sublinhou que, os delitos praticados resultaram na detenção de 58 indivíduos, entre os quais 51 do sexo masculino e sete do sexo feminino.

Apontou como principais causas do cometimento dos crimes o uso excessivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, divergências nos lares, ganância ao lucro fácil, o desemprego, falta de iluminação pública nos principais centros suburbanos, inobservância às regras de trânsito, entre outras.

Assegurou que, as forças da ordem e tranquilidade pública continuam a desenvolver, acções que visa reduzir cada vez mais a criminalidade no seio das comunidades, através da intensificação das operações, patrulhas e o trabalho de polícia de proximidade ao cidadão. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA