Bengo: Inaugurado centro de empoderamento económico e social da mulher

Filomena Delgado - Ministra da família e promoção da mulher (Foto: Angop)
Filomena Delgado - Ministra da família e promoção da mulher (Foto: Angop)
Filomena Delgado – Ministra da família e promoção da mulher (Foto: Angop)

A ministra da Família e Promoção da Mulher, Maria Filomena de Fátima Delgado, inaugurou sábado, na localidade de Açucareira, em Caxito, província do Bengo, o centro de empoderamento económico e social da Mulher, no âmbito do programa da diversificação de economia.

Na ocasião, a ministra Maria Filomena Delgado disse que o projecto, de iniciativa privada, visa criar microempresas para mulher, explicando que o centro de empoderamento económico-social da Mulher no Bengo integra, inicialmente, 80 mulheres na área comercial e outras 20 para agricultura.

A governante, que enquadrou a inauguração no quadro das celebrações do 73º aniversário do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, afirmou que o estadista angolano “é um grande impulsionador da causa da mulher, especialmente as mais desfavorecidas”.

Frisou que este projecto dará resposta às preocupações manifestadas no encontro de auscultação da mulher da província do Bengo, sublinhando que constitui um factor indispensável para o desenvolvimento do país.

Sustentou que o projecto ABC-BPC contempla os sectores da agropecuária, formação, e novas tecnologias. Revelou que o projecto vai integrar ainda os sectores da saúde, comércio, aquicultura, dentre outros, na medida em que o programa for se desenvolvendo nos próximos anos.

Por seu turno, o PCA do consórcio BPC-ABC, João Paulo Tomas, considerou positivo a implementação do programa, particularmente num momento em que o país precisa de diversificar a economia.

O responsável adiantou que o projecto do consórcio BPC-ABC, ora inaugurado, contempla quiosques, cozinhas, mercado do peixe, padaria e pasteleira, discoteca e área de cultivo de hortícolas.

Por seu turno, o vice-governador do Bengo para serviços técnicos e infra-estruturas, Campos Major, agradeceu a iniciativa e espera que seja estendido para outros municípios.

Eugenia Mateus, beneficiária de um “quiosque”, manifestou a sua satisfação e adiantou que vai trabalhar para rentabilizar o seu negócio e cumprir com as normas de reembolso.

A inauguração foi assistida pela ministra do Comércio, Rosa Pacavira, das Pescas, Victória de Barros Neto, bem como membros do governo do Bengo, autoridades tradicionais, entidades religiosas e demais convidados. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA