Ataque do Boko Haram mata mais de 150 no nordeste da Nigéria

O líder do Boko Haram, Abubakar Shekau (Foto de -/Boko Haram/AFP)
O líder do Boko Haram, Abubakar Shekau (Foto de -/Boko Haram/AFP)
O líder do Boko Haram, Abubakar Shekau (Foto de -/Boko Haram/AFP)

Mais de 150 pessoas morreram afogadas em um rio ou executadas quando fugiam de homens armados que integram o grupo Boko Haram, em uma localidade remota do nordeste da Nigéria, informaram testemunhas.

“Homens armados do Boko Haram atacaram nosso vilarejo na quinta-feira, o que provocou a morte de pelo menos 150 pessoas. Muitas vítimas morreram afogadas no rio, quando tentavam escapar”, disse à AFP um morador de Kukuwa-Gari, Bukar Tijjani.

Dezenas de membros do Boko Haram, que chegaram em motocicletas e em um carro, atacaram na quinta-feira passada a aldeia de Gari-Kukuwa, causando pânico entre as pessoas.

“Eles imediatamente abriram fogo, levando os moradores a fugir. Eles mataram várias pessoas, enquanto muitas outras que tentaram escapar pulando no rio se afogaram”, relatou à AFP um outro morador, Modu Balumi.

“De acordo com nosso balanço mais recente, 150 pessoas foram mortas ou se afogaram durante este ataque. Os pistoleiros dispararam deliberadamente em um pescador que tentava resgatar os aldeões que estavam se afogando”, relatou.

Ele acrescentou que os corpos de muitas vítimas foram encontrados por residentes a vários quilómetros da aldeia.

A notícia do ataque chega com grande atraso devido à destruição pelo Boko Haram das redes telefónicas da aldeia, localizada a cerca de 50 km de Damaturu, capital do estado de Yobe. (afp.com)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA