Angolanos investem 13 vezes mais no estrangeiro do que estrangeiros em Angola

Lisboa (Foto: D.R.)
Lisboa (Foto: D.R.)
Lisboa
(Foto: D.R.)

De acordo com dados do BNA exclusivos para o Expansão, no último quinquénio, o investimento directo de Angola no estrangeiro ascendeu a cerca de 16.695 milhões USD, enquanto o investimento directo estrangeiro bruto/novo em Angola fora do sector petrolífero não ultrapassou 1.269 milhões USD.

Nos últimos cinco anos terminados em 2014, excluindo o sector petrolífero, Angola investiu 13 vezes mais no estrangeiro do que os estrangeiros em Angola, de acordo com cálculos do Expansão a partir de dados do Banco Nacional de Angola (BNA).

No quinquénio 2010-2014, o investimento directo de Angola (IDA) no estrangeiro ascendeu a cerca de 16,7 milhões USD, enquanto o investimento directo estrangeiro (IDE) bruto/novo em Angola fora do sector petrolífero não ultrapassou 1.269 milhões USD, revelam dados disponibilizados pelo BNA em exclusivo ao Expansão.

O banco central é a entidade responsável pela elaboração e compilação anual da Balança de Pagamentos, onde são registadas as transacções entre residentes e não residentes. Como se justifica tamanha discrepância entre o que os angolanos investem no estrangeiro e o que os estrangeiros investem em Angola fora do sector petrolífero? Uma vez que se diz que Angola é um país de oportunidades, não deveríamos esperar o contrário?

“Efectivamente não é linear e sensato compreender a atitude de investidores nacionais que não têm qualquer interesse e apetência na aplicação dos seus capitais nas oportunidades de negócios existentes no País ao invés de investimentos intensivos no estrangeiro”, reconhece o engenheiro e consultor Galvão Branco. (expansao.ao)

Por: Carlos Rosado de Carvalho

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA