Alemanha: confrontos com a polícia em manifestação contra refugiados

(EURONEWS)
(EURONEWS)
(EURONEWS)

A abertura de um centro de acolhimento para refugiados em Heidenau, perto da cidade de Dresden, no leste da Alemanha, provocou confrontos entre militantes de extrema-direita e forças policiais, na noite de sexta-feira.

A manifestação contra a chegada dos refugiados à cidade foi convocada pelo Partido Nacional Democrático da Alemanha (NPD, na sigla alemã).

Terminada a manifestação, cerca de 30 membros mais agressivos bloquearam a estrada e cerca de 600 pessoas juntaram-se diante do edifício destinado a acolher os migrantes.

De acordo com as autoridades de Dresden, choveram cocktails molotov, pedras e garrafas sobre os agentes da polícia, que recorreram a gás lacrimogéneo. Ainda segundo o comunicado da polícia, em resultado dos confrontos ficaram feridos 31 agentes.

A Alemanha está confrontada a uma avalanche de pedidos de asilo, que se prevê venham a atingir este ano um número recorde de 800 mil.

Nas últimas semanas foram registadas na Alemanha várias agressões contra refugiados. Ao mesmo tempo, funcionam vários programas especiais de acolhimento para estas pessoas – os refugiados que não dispõem de meios para pagar estudos em estabelecimentos de ensino superior têm acesso gratuito aos bancos de 60 destas instituições académicas. (euronews.com)

por Nelson Pereira

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA