Adolescente britânico é condenado a 11 anos de prisão por esfaquear professor

(Foto de Leon Neal/AFP)
(Foto de Leon Neal/AFP)
(Foto de Leon Neal/AFP)

Um adolescente britânico de 14 anos foi condenado nesta segunda-feira a 11 anos de prisão por esfaquear um de seus professores por motivos racistas e revelar a história com orgulho no Facebook.

Vicente Uzomah, de 50 anos, foi atacado no estômago com uma faca de cozinha em junho na escola Dixons Kings de Bradford (norte), depois de repreender o aluno pelo uso do telefone celular, advertência que deixou o estudante revoltado.

Antes de fugir, o autor do crime proferiu insultos racistas contra a vítima. Pouco depois, ele relatou com orgulho a história na rede social Facebook e recebeu 69 ‘curtidas’ para o post.

No julgamento, o promotor afirmou que o estudante sentiu um aversão imediata por Uzomah.

“Não era particularmente hostil aos outros professores. Mas o senhor Uzomah era negro”, disse o promotor Jonathan Sharp.

De acordo com Sharp, o acusado teria afirmado no dia anterior a um amigo que desejava esfaquear um professor e voltou a falar sobre o assunto com outros estudantes no dia do crime.

O professor, que sofreu graves lesões físicas e psicológicas, interrompeu a carreira e não sabe se um dia terá condições de voltar a dar aulas. (

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA