Actividade internacional da AN aumenta fluxo de iniciativas

Edificio da Assembleia Nacional (Foto: ANGOP)
Edificio da Assembleia Nacional (Foto: ANGOP)
Edificio da Assembleia Nacional (Foto: ANGOP)

A actividade internacional da Assembleia Nacional (AN) levada a cabo durante a 3ª legislatura terminada hoje, sexta-feira, registou um fluxo maior de encontros e iniciativas a nível bilateral, sinónimo de um maior envolvimento dos parlamentares na melhoria das relações internacionais.

Segundo um relatório de balanço apresentado pela primeira secretária de mesa da AN, Emília Carlota, durante a sessão solene de encerramento da 3ª legislatura, os deputados tiveram participações regulares nas sessões plenárias da União Inter-parlamentar, parlamento Pan-Africano, Fórum parlamentar da SADC, Conferência Internacional dos Grandes Lagos, entre outros.

No domínio da cooperação multilateral, destacaram-se a reunião dos presidentes dos Grupos Nacionais da Assembleia Parlamentar da CPLP, participação nas sessões da União Inter-Parlamentar (UIP), Assembleia Parlamentar da África, Caríbas e Pacífico (AP-ACP/EU) e Parlamento Pan-Africano (PPA).

Durante a 3ª legislatura, a Assembleia Nacional participou nas missões de observação eleitoral na República Democrática de São Tomé e Príncipe e República de Moçambique.

Já no domínio da cooperação bilateral, destacaram-se a visita ao país, do presidente da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau, Cipriano Cassamá, e do Grupo de Amizade Coreia-Angola da Assembleia Nacional da Coreia, com vista ao reforço dos laços de amizade e cooperação.

Neste contexto, no domínio das relações internacionais e cooperação interparlamentar, foram estreitados laços de amizade com parlamentos congéneres e entidades diplomáticas acreditadas na República de Angola.

Relativamente às actividades desenvolvidas pelo Grupo de Mulheres Parlamentares, durante o ano, realizou-se uma Assembleia ordinária e cinco extraordinárias, seis reuniões de direcção e oito reuniões com as direcções dos grupos de trabalho.

Já o conselho de administração daquele órgão de soberania, realizou 16 reuniões ordinárias e, elaborou um conjunto de documentos, destacando-se o processo de funcionários abrangidos pela reforma em 2014, proposta de contratação de assistentes para deputados e o plano de actividades do referido conselho, para o período 2014/2015.

Estiveram presentes na sessão solene de encerramento da 3ª sessão legislativa da III legislatura, orientada pelo presidente da AN, Fernando da Piedade Dias dos Santos, membros do Executivo, representantes do corpo diplomático acreditado em Angola, autoridades tradicionais e eclesiásticas. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA