A carta que Passos e Portas escreveram a todos os portugueses

(D.R)

Os líderes da coligação Portugal à Frente (PSD/CDS-PP) escreveram hoje uma “carta aos portugueses” a agradecer o esforço desenvolvido e prometem “trabalhar mais”, garantindo saber “o que fazer” para, “depois da recuperação, a construção” de um país melhor.

(D.R)
(D.R)

“Todos sabemos o quão difícil foi atravessar este período, uma consequência dos erros do Governo que nos antecedeu e que não honrou a confiança dos portugueses. Ao invés, deixou-nos uma herança pesada, e uma conta elevada a ser paga por todos”, começam por sublinhar Passos Coelho e Paulo Portas, na missiva que será publicada hoje no sítio da Internet da coligação PàF.

Primeiro-ministro e “vice” reconhecem ter sido “graças a muito trabalho e ao esforço de todos” que se tornou possível “poder seguir em frente, ao encontro de mais crescimento económico e mais criação de emprego”, havendo agora a hipótese de se concentrarem “em políticas para melhorar o acesso à saúde e a qualidade na educação, para ampliar o combate às desigualdades sociais e criar condições de garantir melhorias na demografia em Portugal”.

“Depois da recuperação, a construção”, lê-se num texto que frisa a necessidade de “responsabilidade” e “prudência”, embora “com determinação e dedicação”.

“Para isso queremos trabalhar mais. Não é tempo de promessas. É tempo de trabalho. E nós sabemos o que fazer. Nada está concluído, ainda, por isso a caminhada deve seguir. Para nos levar, sempre juntos, como estivemos nestes anos, até o futuro que todos nós queremos”, asseguram, terminando com uma certeza: “Portugal convoca-nos”. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA