1º de Agosto vence jogo entre “militares”

1º de Agosto goleia Desportivo da Huíla com duplo de Ary Papel (Foto: Rosario dos Santos)
1º de Agosto goleia Desportivo da Huíla com duplo de Ary Papel (Foto: Rosario dos Santos)
1º de Agosto goleia Desportivo da Huíla com duplo de Ary Papel (Foto: Rosario dos Santos)

O 1º de Agosto goleou sábado o Desportivo da Huíla, por 4-1, num jogo entre duas equipas “militares”, referente à 20ª jornada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2015), disputado no estádio 11 de Novembro, em Luanda.

O 1º de Agosto entrou para este desafio, que marcou o regresso do avançado Bem Traore, ausente durante aproximadamente dois meses por lesão, introduzido no meio campo do adversário com remates sucessivos à baliza defendida por Varito.

No entanto, a primeira ocasião de golo eminente aconteceu apenas aos 25 minutos protagonizada pelo 1º de Agosto com um defesa do Desportivo a impedir a trajectória da bola já em cima da linha do golo.

A passagem do 34º minuto, o 1º de Agosto desperdiçou mais uma oportunidade por Ary Papel, que na sequência de um cruzamento do lado direito, rematou para a defesa incompleta de Varito, e na recarga a bola não teve a direcção certa.

Quatro minutos depois (38), Ary Papel inaugurou o marcador. Isolado, passou por um contrário e com o guarda-redes batido chutou certeiro, resultado com que terminou a primeira parte.

No reatamento, os dois técnicos foram forçados a operar substituições por lesões. Do lado dos “militares” do Rio Seco saiu Isaac e entrou Mateus, enquanto para os “militares” da região centro sul do país, Cagodo rendeu Josi.

Aos 49 minutos, o 1º de Agosto falhou mais uma oportunidade, desta vez por Gelson, que com a baliza sem oposição chutou para o alto.

O segundo tento do 1º de Agosto surgiu aos 59′ por intermédio de Ndikumana, ao receber passe do recém entrado Mateus Galeano.

O Desportivo da Huila reduziu para 2-1 por Joãozinho aos 66 minutos, com um remate de fora da área sem hipótese para o guarda-redes Tony Cabaça.

Aos 73′ o 1º de Agosto ampliou para 3-1, por Ekundi, com um remate fraco, mas que Varito foi incapaz de impedir.

A formação do RI/20 fixou o resultado para 4-1, com bis de Ary Papel, de cabeça, na sequência de um passe de Mateus Galeano. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA