Zaire: Tuberculose causa 16 mortes em seis meses

(Foto: Angop)

Mbanza Congo – Dezasseis pacientes morreram vítimas de tuberculose no hospital provincial do Zaire, em Mbanza Congo, de Janeiro a Junho do presente ano, num universo de 795 casos diagnosticados.

(Foto: Angop)
(Foto: Angop)

Os dados foram revelados hoje, quarta-feira, à Angop, em Mbanza Congo, pela supervisora provincial da tuberculose e lepra do hospital, Mansensa Manseka.

A responsável informou terem registado o aumento de 301 casos em comparação ao I semestre de 2014 e, a diminuição de cinco óbitos.

Explicou que a fraca informação sobre as medidas de prevenção da tuberculose e do seu contágio por parte da população estará na origem da propagação desta doença, associada ao incumprimento das orientações médicas por parte de alguns pacientes durante o tratamento.

Das novas infecções, a responsável explicou que 210 são pulmonares e 32 outras associadas ao Vih/Sida, sendo os municípios de Mbanza Congo e Soyo, com 554 e 120 casos, os mais afectados.

Avançou como uma das possíveis soluções para o diagnóstico e tratamento atempado desta doença, a extensão dos serviços em todas as unidades sanitárias da região para se evitar o avolumar de casos que chegam ao hospital provincial provenientes de todos os quadrantes da província.

“É pretensão da direcção do hospital provincial aproximar os serviços de diagnóstico e tratamento da tuberculose junto das populações”, sublinhou.

Lembrou que a tuberculose tem 90 porcento de possibilidade de cura, desde que o doente apareça nos serviços hospitalares logo no início dos sintomas, tendo avançado que a unidade sanitária tem disponíveis medicamentos suficientes para o tratamento.

A secção de atendimento aos doentes com tuberculose do hospital provincial do Zaire tem capacidade de internamento de 40 camas. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA