Visita não oficial de deputados francesas à Crimeia gera polémica

(RFI)
(RFI)
(RFI)

A visita de dez parlamentares franceses à Crimeia (província da Ucrânia, anexada pela Rússia no ano passado), gerou uma grande polémica política em França, pois além de se tratar duma iniciativa privada, foi financiada por uma associação russa.

Os deputados, na sua maioria pertencentes ao partido conservador Os Republicanos, o novo nome do partido do antigo Presidente francês Nicolas Sarkozy, afirmam que « são livres, e têm opinião própria ». Desconhecem-se ainda as razões da visita daqueles parlamentares à Crimeira, de 22 a 26 do corrente mês, mas o governo socialista criticou esta decisão, sublinhando que a visita não representa a posição da França.

A Presidente da Comissão dos Negócios Estrangeiros da Assembleia nacional francesa, Elisabeth Guigou, qualificou a visita de « escapadela ridícula ». Por seu turno, o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius, diz-se “chocado » com aquela visita, que considera ser uma clara violação do direito internacional. (rfi.fr)

por Vitor Matias

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA