VII congresso do MPLA terá inovações – Roberto de Almeida

ROBERTO DE ALMEIDA - VICE-PRESIDENTE DO MPLA (Foto: Angop)

O VII congresso ordinário do MPLA, convocado pelo Comité Central deste partido para Agosto de 2016, terá algumas inovações na sua organização e composição, anunciou hoje, sexta-feira, em Luanda, o vice-presidente da organização partidária, Roberto de Almeida.

ROBERTO DE ALMEIDA - VICE-PRESIDENTE DO MPLA (Foto: Angop)
ROBERTO DE ALMEIDA – VICE-PRESIDENTE DO MPLA (Foto: Angop)

“30 porcentos da sua composição estará reservada aos delegados com até 35 anos de idade e outros 35 porcentos provenientes da eleição de delegados a partir das organizações de base”, disse o político, quando discursava na abertura da VI reunião metodológica de quadros e dirigentes do partido.

Na sua intervenção, Roberto de Almeida referiu que a representação feminina estará fixada em  40 porcento na composição dos órgãos e organismos da formação partidária.

De acordo com o dirigente, a participação da juventude e da mulher no congresso será  significativa.

Realçou que o Comité Central exortou os militantes  e amigos do partido e das organizações  sociais a mobilizarem-se em torno das tarefas do processo orgânico, razão pela qual o plano de marketing deverá ser devidamente difundido.

O estudo profundo dos documentos desta reunião metodológica permitirá nivelar a informação  e a organização das acções em prol do trabalho do partido, sublinhou Roberto de Almeida, para quem “só com uma eficiente preparação estaremos em condições de disputar e vencer os desafios políticos eleitorais, com outras formações políticas”.

“A organização, formação, capacitação, disciplina e a responsabilidade dos dirigentes, quadros e militantes do MPLA, a todos os níveis, são elementos fundamentais para o sucesso do partido”, acrescentou.

“ Estamos reunidos para, mais uma vez, tratar de aspectos inerentes a organização do trabalho do partido. Esta tarefa consta do cronograma de acções do VII congresso ordinário do MPLA,  aprovado pela IX sessão ordinária do Comité Central, realizada no início deste ano”, afirmou.

Esta acção visa a capacitação de dirigentes e quadros e será replicada a nível provincial e municipal no próximo mês de Agosto, altura em que serão igualmente constituídas as respectivas comissões preparatórias e o processo orgânico.

De acordo com o plano de realização, a VII reunião metodológica tem como objectivo uniformizar e partilhar com os dirigentes, responsáveis e quadros do partido os conhecimentos sobre os documentos reitores do processo de preparação e realização do próximo congresso do partido.

Além de abordar matérias relacionadas com o VII congresso do MPLA, a reunião metodológica abordará também matérias relacionadas com o processo de avaliação do desempenho dos membros dos órgãos e organismos de direcção do partido.

Roberto de Almeida é da opinião que “a avaliação do desempenho contribuirá certamente para a selecção de militantes para a ocupação de cargos a nível do partido”.

A reunião metodológica termina hoje. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA