Vias de acesso e telecomunicações ganhos da independência na Lunda Sul

ARQUIVO - OBRAS NUMA DAS ESTRADAS DA LUNDA SUL (Foto: Lucas Neto)

Saurimo – A reabilitação das estradas nacionais 180, 230, asfaltagem das ruas dos bairros periféricos da cidade de Saurimo, bem como a construção do Aeroporto Deolinda Rodrigues foram apontados pelo director provincial dos Transportes e Telecomunicação da Lunda Sul, Francisco Txipengue, como ganhos dos 40 anos de independência nacional.

ARQUIVO - OBRAS NUMA DAS ESTRADAS DA LUNDA SUL (Foto: Lucas Neto)
ARQUIVO – OBRAS NUMA DAS ESTRADAS DA LUNDA SUL (Foto: Lucas Neto)

Em declarações à Anglo, Francisco Txipengue reconheceu que o sector deu um passo quantitativo e qualitativo sobretudo nas vias de acesso e de comunicação.

Informou que até a conquista da Independências nacional só existiam, na província, duas aeronaves e três linhas telefónicas destinadas aos principais serviços públicos, beneficiando apenas responsáveis dos órgãos do aparelho do Estado.

“Naquela altura conheci dois aviões, um chamava-se barriga de ginguba, o Noratlas 2501D, e outro “mariquinha” e não eram para transportação de passageiros e seus bens, como hoje fizemos. Depois da conquista da Independência temos um transporte aéreo de bandeira TAAG que voa Saurimo/Luanda, e um de Catoca que liga igualmente Saurimo/Luanda, além dos aviões militares” – sustentou.

No capítulo das telecomunicações, informou que a província hoje dispõe das redes móveis da Unitel e Movicel, que têm contribuído para o desenvolvimento das tecnologias de informação na região.

Destacou a construção da Mediateca “José Eduardo dos Santos”, o surgimento da rede internet banda larga denominado “Nbongue Net” e do sistema de telecomunicações via satélite de apoio multissectorial, denominado “INFRASAT”, que permite a transmissão de dados por voz, imagem e Internet em alta velocidade.

Segundo ele, esses ganhos têm estado a impulsionar o desenvolvimento de sectores como os da educação, saúde, cultura, defesa, administração pública, banca, aeroportos, postos fronteiriços, entre outros.

Acrescentou que permitem as operadoras de telefonia móvel aumentar a capacidade de transmissão e ampliar a sua cobertura, bem como servirá para melhorar a capacidade de conexão dos serviços de telecomunicações.

Apelou a população no sentido de participarem activamente na preservação da independência, paz e unidade nacional, visando o crescimento, progresso e desenvolvimento contínuo do país e da província em particular.

A província da Lunda Sul conta com três aeroportos sendo dois domésticos e um militar, localizados todos no município de Saurimo, um dos quais na Sociedade Mineira de Catoca, para além dos serviços dos Correios de Angola e Angola Telecom.

Quanto ao transporte público, a província conta com serviços de de quatro operadoras que, além de actuarem no interior da região, fazem a transportação de passageiros de Saurimo/Lunda-Norte/Moxico/Malanje, Kwanza Norte /Luanda. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA