Uíge: Sacerdote condena uso de palavra de Deus para fins comerciais

Uige: Igreja católica (Foto: Angop)

Uíge – O pároco de Nossa Senhora das Mercês, padre Mambi Afonso, condenou domingo na Igreja do Bem-vindo, os cristãos de diversas denominações que usam a palavra de Deus para fins comerciais e enriquecimento fácil.

Uige: Igreja católica (Foto: Angop)
Uige: Igreja católica (Foto: Angop)

Falando na sua homilia que marcou o XV Domingo do Tempo Comum disse que Jesus incumbiu aos apóstolos e seus seguidores o anúncio da palavra de Deus para a salvação das almas e não para outros fins.

Segundo disse, muitos aproveitam o nome de Deus e sua palavra para práticas nefastas ao mesmo tempo que praticam injustiça.

Condenou também os fiéis que frequentam santuários e que ao invés de pediram graças suplicam maldade para seus semelhantes.

“A palavra de Deus deve ser usada para o fim que ele próprio quer. Valorizar a importância da palavra e colocá-la em prática”, sublinhou.

Aconselhou os fiéis em geral, a servir a Deus com actos e atitudes positivas visando alcançar o Reino dos Céus.

Participaram da missa, fiéis de diversos centros afectos á paróquia de Nossa Senhora das Mercês. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA