Uíge: Garimpo de madeira preocupa população da regedoria de Encoge

Garimpo Florestal (valoie.blogspot.com)
Garimpo Florestal (valoie.blogspot.com)
Garimpo Florestal (valoie.blogspot.com)

A regedoria de Encoge, município de Ambuila, manifestou, naquela localidade, que dista a 105 quilómetros da sede capital da província, a sua insatisfação devido a exploração desenfreada de madeira por garimpeiros.

Numa mensagem apresentada ao deputado do grupo parlamentar do MPLA para o círculo provincial do Uíge, Joaquim Panzo, durante o encontro, as autoridades tradicionais de Encoge disseram que garimpeiros espalhados em toda a região abatem indiscriminadamente as árvores, diariamente, transportando-as em toros para a capital do país, Luanda.

“Infelizmente a exploração de madeira é feita de forma anárquica pelos garimpeiros espelhados na região que abatem as árvores carregando-as em toro para a Luanda, sem deixar qualquer benefício para a população”, lê-se na mensagem.

Por outro lado, as autoridades tradicionais indignaram-se com os caçadores furtivos que montam acampamentos algures nas matas locais para abater de forma indiscriminada os animais.

“A flora e a fauna da região é muito rica em várias espécies de animais, facto que tem provocado a entrada de caçadores furtivos provenientes da capital da província acampados nas matas com armas de fogo e outros meios para abater os animais”, refere a missiva.

De acordo com a mesma fonte, a situação está a provocar medo aos munícipes de poderem deslocar-se para as suas lavras, pois a maioria dos caçadores é desconhecida pela população, pedindo as autoridades afins para a tomada de medidas que visam a estancar a situação. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA