Turquia: Manifestações contra a repressão dos Uighures na província chinesa de Xinjang (Vídeo)

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

Os protestos frente às representações diplomáticas chinesas na Turquia repetem-se.

Tanto em Istambul como em Ancara, centenas de pessoas têm saído às ruas em multiplas manifestações. Acusam Pequim de estar a reprimir os muçulmanos da província de Uighur, proibindo-os nomeadamente de manifestações religiosas e de cumprirem o jejum do Ramadão.

A China nega as acusações e emitiu um comunicado avisando os seus cidadãos que é perigoso fazer turismo na Turquia. Nos últimos dias, diversas pessoas de origem asiática e estabelecimentos comerciais de produtos asiáticos foram atacados no país.

As manifestações começaram com a multiplicação das denúncias nas redes sociais sobre o tratamento da minoria muçulmana na província chinesa de Xinjiang.

O tratamento dos Uighurs na China é um tema importante para muitos turcos, que partilham com este povo uma herança cultural e religiosa. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA