Turquia ataca posições do Estado Islâmico na Síria (Vídeo)

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

A Turquia atacou posições do autodenominado Estado Islâmico na Síria, a primeira operação do género confirmada por Ancara. A operação chamou-se Yalçin Nane, o nome do soldado turco morto, quinta-feira, durante um tiroteio com os jihadistas na fronteira entre os dois países.

Uma fonte militar explicou que os ataques foram lançados a partir do espaço aéreo turco, mais concretamente da cidade de Kilis. Terão morrido 35 militantes.

Horas antes, os Estados Unidos tinham anunciado que Ancara autorizou os aviões norte-americanos a lançarem ataques a partir de uma base na fronteira com a Síria.

Entretanto, a polícia turca efetuou raides em todo o país, contra o movimento Estado Islâmico, os rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e o Partido/Frente revolucionária de Libertação do Povo (DHKP-C).

Quase 300 pessoas foram detidas acusadas de pertencerem a uma organização terrorista.

Uma militante de extrema-esquerda foi morta durante um dos raides, num alegado tiroteio com a polícia num bairro de Istambul. Fazia parte do Partido/Frente revolucionária de Libertação do Povo, um grupo marxista autor de vários atentados na Turquia. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA